119 – Presença em Workshops e a criação de exposições regulares sobre o clube, nos seus espaços, rentabilizando a participação dos associados e simpatizantes;

  • Deslocar o Museu com pequenas peças emblemáticas, para as DelegaçõesFiliais, Casas, Núcleos do FCPorto, de forma a possibilitar a que todos consigam “tocar” nos trofeus;

120 - Criação da figura do Sócio das DelegaçõesFiliais, Casas, Núcleos do FCPorto a mais de 100 km da cidade;

121 – A receita do Sócio das Delegações reverte integralmente, para as DelegaçõesFiliais, Casas, Núcleos do FCPorto, respetivamente;

122 – Presença do Presidente e jogadores do clube (acordado com a equipa técnica) em eventos próprios;

123 – Associar as DelegaçõesFiliais, Casas, Núcleos do FCPorto, por convite presencial, na Gala dos Dragões de Ouro e Dia do Clube;

124 – Legitimar um espaço na grelha de programação na Porto Canal, para as Delegações, Filiais, Casas, Núcleos do FCPorto

125 – Estimular o associativismo nas Delegações, Filiais, Casas, Núcleos do FCPorto, através da Marca FCPorto;

126 – Prémios de desempenho, quanto a captação de sócios para o FCPorto.

127 - Webletter mensal das Delegações, Filiais, Casas, Núcleos do FCPorto para os associados do FCPorto;

128 – Comboio Azul e Branco – promoção e incentivo às deslocações das Delegações, Filiais, Casas, Núcleos, integrados, se possível, com os GOA;

129 – Convite aos Presidentes das Delegações, Filiais, Casas, Núcleos do FCPorto, para o camarote presidencial;

130 – Criação de um Congresso anual, com representantes das Delegações, Filiais, Casas, Núcleos do FCPorto.

131 – Integração nos membros da Direcção do FCPorto das Delegações, Filiais, Casas, Núcleos do FCPorto – Politica de proximidade;

132 – Gala dos Dragões de Ouro: Atribuição de menções honrosas às Delegações, Filiais, Casas, Núcleos;

133 – Promoção de torneios Intermodalidades, fomentando a presença de novos associados e captação de atletas;

134 – Integração dos GOA como associados no FCPorto (analisar com a direcção dos GOA a viabilidade e as vantagens para os adeptos) e incentivar a partilha de experiências junto das Delegações, Filiais, Casas, Núcleos do FCPorto;

135 Mística Porto. Identidade permanente com o clube em todas as Delegações, Filiais, Casas, Núcleos do FCPorto;

136 – Associar as Filiais, Casas, Núcleos do FCPorto a projetos com as escolas e universidades. Estabelecer protocolos;

137 – Dotar as Delegações, Filiais, Casas, Núcleos do FCPorto do material necessário (jogos e equipamentos) onde os associados possam estar com frequência e em segurança;

138 - Apostar na vertente comercial das Delegações, Filiais, Casas, Núcleos do FCPorto, aprofundando as parcerias;

139 – Porto Canal TV – Grelha especifica de programação e publicidade para as Delegações, Filiais, Casas, Núcleos do FCPorto;

140 - Promoção junto das Delegações, Filiais, Casas, Núcleos do FCPorto, de forma gradual, dum processo de adesão e integração dos novos sócios;

141 – Promoção e incentivo às autonomias financeiras das Delegações, Filiais, Casas, Núcleos do FCPorto;

142 - Expansão sustentada das Delegações, Filiais, Casas, Núcleos do FCPorto na Europa e no resto dos Continentes (analise SWOT - Ambiente interno: Strengths Weaknesses; ambiente externo: Opportunities; Threats)

  • Strengths - vantagens internas das Delegações, Filiais, Casas, Núcleos.
  • Weaknesses- Desvantagens internas das Delegações, Filiais, Casas, Núcleos;
  •  Opportunities - Aspectos positivos da envolvente com potencial de fazer crescer a vantagem competitiva das Delegações, Filiais, Casas, Núcleos;
  •  Threats – Aspectos negativos da envolvente com potencial de comprometer a vantagem competitiva das Delegações, Filiais, Casas, Núcleos

143 – Partilha permanente, do resultado da análise SWOT, com das Delegações, Filiais, Casas, Núcleos, tentando ajudar nas soluções aos problemas.  

We use cookies to personalize content and to analyze our traffic. Please decide if you are willing to accept cookies from our website.